Adaptabilidade

Crianças com deficiências visuais encontram dificuldades na hora de brincar. Pensando nisso, uma empresa contou com a ajuda do Instituto Luiz Braille no desenvolvimento de brinquedos para crianças cegas e com baixa visão.

Braille ajuda a desenvolver brinquedos para cegos

A pedagoga Keite Coutinho e o psicólogo Gilson Modesto, da Reabilitação do Braille, contribuíram para o desenvolvimento de brinquedos adaptados para crianças com deficiência visual, lançados pela Cardoso Toys. Mais coloridos e com alfabeto e números em Braille, eles auxiliam na aprendizagem e coordenação motora. A Reabilitação do Braille orgulha-se por fazer parte desta ideia inovadora! Agora, nossas crianças também contam com os brinquedos durante as terapias.

Rotary Club Jundiaí Leste - Ano Rotário 2019/2020

O Braille agradece o Rotary Club Jundiaí Leste que, no Ano Rotário de 2019/2020, sob a presidência de Lourdes de Fátima Feitoza Vieira, doou à nossa entidade o valor total de R$ 38.950,00 (trinta e oito mil e novecentos e cinquenta reais). Agradecemos a parceria e colaboração!

Seminário Braille Jundiaí

Instituto Jundiaiense Luiz Braillle de Assistência ao Deficiente da Visão promove, no dia 14 de fevereiro, a partir das 18 horas, o seminário “A importância da Reabilitação para inserção social da pessoa com deficiência visual”, na Câmara Municipal.

Braille promove Bazar Fashion nos dias 26 e 27

O Instituto Jundiaiense Luiz Braille de Assistência ao Deficiente da Visão vai realizar a primeira edição do Bazar Fashion, nos dias 26 e 27 de novembro. Haverá peças a partir de R$ 10. Toda a renda será revertida para a entidade, referência em Oftalmologia e reabilitação de pessoas com deficiência visual em Jundiaí e região. À venda, roupas, sapatos e acessórios femininos, além de peças infantis e brinquedos.

Luiz Braille recebe doação de tampinha

O Instituto Jundiaiense Luiz Braille de Assistência ao Deficiente da Visão é a primeira entidade da região de Jundiaí a aderir à campanha “Tampinha Legal”, que coleta tampinhas de plástico, como as de garrafas de refrigerante ou água, pasta de dente ou pomadas, em troca de recursos.

Funss promove workshop de pães e bolos para assistidos do Instituto Luiz Braille

Mesmo sabendo cozinhar desde pequena, Diva Raquel Schiavinato, de 54 anos, não perdeu a oportunidade de participar do workshop de Pães e Bolos, oferecido pelo Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí (Funss) em parceria com o Instituto Jundiaiense Luiz Braille. “Eu preparo quase tudo, mas gosto mesmo é de passar o café, por causa do aroma. Neste caso, aprender a fazer um pãozinho quentinho vai bem”, justificou, com um sorriso no rosto.

Oftalmologia de Jundiaí ganha mais um reforço: FMJ E Instituto Braille no atendimento ao SUS

Hoje pela manhã, a diretoria do Instituto Jundiaiense Luiz Braille de Assistência ao Deficiente da Visão, o diretor da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ), dr. Edmir Lourenço, a Dra. Maria Cristina Martins, da FMJ e a representante da Prefeitura, Jane Torenti se reuniram para consolidar um acordo feito previamente para trazer a Residência Médica de Oftalmologia para Jundiaí.

Dia Nacional de Combate ao Glaucoma

Hoje é o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, uma doença silenciosa que é a segunda causa de cegueira. Estima-se que no Brasil a doença atinja cerca de 2% da população. Apesar de não ter cura, a descoberta precoce do glaucoma pode minimizar os problemas.

Conjuntivite ataca no outono e o inverno

O outono e o inverno são estações em que a maioria das pessoas procura ficar em locais fechados e mais quentes. E isso é uma verdadeira festa para as doenças contagiosas. Uma delas, bastante comum nessa época, é a conjuntivite.

Ações simples são grandes desafios para quem perde a visão

Escovar os dentes, escolher uma roupa, preparar o café. Ações simples do dia a dia que podem ser um desafio pra quem perde a visão em algum momento da vida. Por isso, o setor de reabilitação do instituto Luiz Braille, por meio da terapia ocupacional, desenvolve o projeto atividades da vida diária, que contribui para dar autoestima e independência aos alunos.

Médico faz parte de projeto que leva atendimento à indígenas

Um oftalmologista que trabalha no instituto Luiz Braile, faz parte do projeto expedicionários da saúde, uma associação criada para levar atendimentos a comunidades indígenas. Já foram realizadas 28 expedições por todo o Brasil, e a última viagem foi para o parque do Xingu no norte do estado de mato grosso. Quer conhecer um pouco mais do projeto expedicionários da saúde? É só acessar o site www.eds.org.br.

TVE Jundiaí - Assistidos do Instituto Luiz Braile fizeram uma visita à Escola Técnica Benedito Storani

Os assistidos do Instituto Luiz Braile fizeram uma visita à Escola Técnica Benedito Storani. A atividade foi programada pelos alunos do curso de Turismo Receptivo, e tem como objetivo apresentar a escola a pessoas com deficiência, por meio de atividades lúdicas e inclusivas. Com o projeto, os alunos aprendem, na prática, a desenvolver atividades para pessoas com deficiências ou mobilidade reduzida.